Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Em causa estará a aquisição de bens imóveis, como uma quinta no Douro, em Baião... Um dia conto-vos outras estórias. É mesmo necessário acabar com a promiscuidade entre a política e os negócios e nomeadamente entre aqueles que se fazem no seio do eterno poder central ou pelos que navegam por qualquer margem.

José Luís Carneiro e Marco António Costa. Justiça investiga negócios de Menezes

 

Seguro e os seus apoiantes têm vindo a referir que é necessário acabar com a promiscuidade entre a política e as negociatas (E EU CONCORDO, DESDE QUE SAIBAM COMEÇAR POR DAR O EXEMPLO).

 

Como os meus amigos sabem,  "o rabelo" Zé de Baião A Nossa Terra , há muito que vem a alertar para a necessidade de travar o esvaziamento de Baião que está a ser mandado ao desbarato pelo rio abaixo.


Há muita sociedade, familiares e amigos políticos próximos que servem para disfarçar muita coisa e até o enriquecimento ilícito, tudo à custa dos lugares e favores políticos autárquicos. 

 

"O rabelo" baionense vai anotando e muito em breve contará todas essas estórias. Não pensem que há santinhos. Nem eu sou santinho!


Sim, não há santinhos, sendo que todos erramos e pecamos, mas usar, abusar e continuar a roubar até que tudo fique escoado e na miséria, não podemos tolerar nem admitir.

 

Todos sabemos que há cada vez mais portugueses em extremas dificuldades, tal como se sente aqui por Baião e pelo Norte, graças a tanta negociata que corrompe e destrói o nosso país, a nossa terra e a nossa gente.


Eles passam pelas Câmaras ou por outros lugares políticos e governativos e logo que saem passam a deter riqueza que não corresponde ao rendimento auferido e declarado durante o tempo em que ocuparam os lugares políticos. COMO É QUE FAZEM PARA MULTIPLICAR AS CONTAS BANCÁRIAS E O PATRIMÓNIO? NINGUÉM ACHA ESTRANHO? AFINAL DE CONTAS ESTÃO NOS LUGARES POLÍTICOS PARA TRABALHAR POR NÓS OU PARA ENRIQUECER AS SUAS FAMÍLIAS E AS DOS SEUS AMIGOS POLÍTICOS PRÓXIMOS?

 

DEIXEMOS DE SER INGÉNUOS!!!

HAJA MAS É QUEM ABDIQUE DE PARTE DA SUA VIDA, DURANTE 4 ANOS, VOLUNTARIOSAMENTE E EM PROL DA NOSSA TERRA E DA NOSSA GENTE!!!

VÃO VER QUE NINGUÉM FICARÁ MAIS POBRE!!!

 

Sabem qual é a taxa de desemprego e de mérito da maioria dos políticos e dos seus familiares, não sabem? Se sabem, porque é que eles nunca sabem o que é ter de procurar trabalho ou emigrar por essa Europa fora sem dinheiro e sem rumo, vivendo em barracões?

Sim, eles até emigram, mas é para bons lugares já garantidos à partida.

 

COMO DIGO, DEIXEMOS DE SER INGÉNUOS!!! ELES NÃO SÃO SANTINHOS E MUITO MENOS OS MELHORES DO MUNDO! SÃO É OS MAIS PRIVILEGIADOS!

 

Deixem de deitar Baião pelo rio abaixo e ao desbarato.


Navegar ao sabor da corrente é muito fácil.  O difícil é navegar contra a corrente.


Saibamos defender-nos e defender a causa e a coisa pública, bem como defender a nossa terra e a nossa gente! 

O dinheiro é um bem público, pelo que é fruto do nosso suor e dos nossos descontos. MESMO OS MILHÕES QUE VÊM DA EUROPA SÃO DO POVO E NÃO PARA ESTAR AO SERVIÇO DESTAS E DE OUTRAS NEGOCIATAS ENTRE AMIGOS POLÍTICOS!!!

 

Justiça investiga negócios de MenezesComo os meus amigos sabem, "O Rabelo Zé de Baião" tem vindo a alertar sobre tudo que tem sido mandado pelo rio abaixo até aos cais do Porto ou de Gaia, mas muito em breve falaremos sobre isso.

 

Por enquanto, leiam esta notícia do Jornal Económico:

 

"Em causa, apurou o Diário Económico, estará a aquisição de bens imóveis, como uma quinta no Douro, em Baião"...

 

                                        

 

 

Justiça investiga negócios de Menezes

Lígia Simões

19/09/14 00:05

 

               

Sinais exteriores de riqueza e incompatíveis com rendimentos declarados levantaram suspeita. Em causa está imóvel no Douro e apartamento de luxo.

O Ministério Público está a investigar casos relacionados com o ex-autarca de Gaia, Luís Filipe Menezes. A PGR confirma que a matéria objecto de notícias ontem publicadas "encontra-se em investigação e está em segredo de justiça" e que "até ao momento não foram constituídos arguidos". Na mira das entidades que investigam este caso estão sinais exteriores de riqueza do ex-líder do PSD.
Em causa, apurou o Diário Económico, estará a aquisição de bens imóveis, como uma quinta no Douro, em Baião, e um apartamento de luxo no empreendimento Jardins da Arrábida, às portas do Porto. Fonte próxima ao processo nota que estão a ser investigadas "aquisições próximas ou após o fim do mandato na câmara de Gaia que poderão ser sinais de discrepância com os rendimentos declarados". Na mira da Justiça estará também a Urban Value, empresa onde Luís Filipe Menezes é ‘chairman'. Uma imobiliária que, em Fevereiro deste ano, a ‘Visão  avançou ter fortes ligações ao poder angolano.
As suspeitas da PGR surgem no facto de o património exibido pelo ex-presidente da Câmara de Gaia alegadamente não ser compatível com os vencimentos que declara. Ontem, o CM noticiou que em causa estarão divergências de milhões  e que terá sido pedido o levantamento do segredo bancário do ex-autarca.  Em resposta, na sua página pessoal no Facebook, diz ter recebido a notícia com "revolta e perplexidade" e que vai responder "com todos os meios que o Estado de Direito tem à sua disposição". A Câmara de Gaia confirmou à Lusa que a PJ fez buscas a "vastos documentos" da autarquia e das empresas municipais Águas de Gaia e Gaianima relativos ao mandato anterior, liderado por Luís Filipe Menezes.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens



Junte-se a nós no Facebook

Please wait..15 Seconds Cancel

Calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930





eXTReMe Tracker