Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


É já dia 2 de Outubro de 2017 | 2ª feira, 22h00 | Salão Nobre da Câmara Municipal de Matosinhos | Entrada livre

Conferência da vencedora da 12ª edição, Eliana Sousa Santos | Lançamento da 13ª edição

Premio Fernando Távora.jpg  

Eliana Sousa Santos, vencedora da 12ª edição do Prémio Fernando Távora, apresenta, no próximo dia 2 de Outubro, 2ª feira, às 22h00, no Salão Nobre da C. M. de Matosinhos, a conferência “América Deserta: Paisagem, Arte e Arquitectura do Sudoeste Americano”.
Nesta apresentação Eliana Sousa Santos dará a conhecer a viagem de investigação que realizou pelo deserto norte-americano, desde Bonneville Salt Flats (Utah), passando pelo Arizona e terminando em White Sands (Novo México).

Com esta viagem Eliana Sousa Santos pretendeu explorar a essência das artes chãs nas suas diversas vertentes: económica, ética e estética.

 A sessão assinala também o lançamento da 13ª edição do Prémio, sendo divulgados os novos elementos do Júri e o Regulamento.
O Prémio Fernando Távora foi criado em 2005 pela OASRN, tendo como parceiros a Câmara Municipal de Matosinhos (CMM) e a Casa da Arquitectura (CA), contando com o patrocínio da Ageas Seguros.

 

Esta sessão integra as Comemorações do Dia Mundial da Arquitectura.

 

Mais informações: Aqui



Autoria e outros dados (tags, etc)

IKEA pede para pouparmos 25% e desperdiça 50%.

por José Pereira (zedebaiao.com), em 25.01.14

Hoje a minha mulher acordou-me cedo para irmos fazer umas compras a um shoping de Matosinhos. Como nem me deu tempo para fazer o pequeno almoço em casa,  lá conseguiu "forçar-me" a optar por aqueles pequenos-almoços matinais do IKEA ( nada a apontar contra o dito pequeno almoço). O facto é que nos d

eram um copo de 10cl para o café ou pingo, ao mesmo tempo que também nos deram umas carteiras de açúcar "Delta" a sensibilizar para o não desperdício, mensagem que li e até gostei, sendo que sempre admirei a família Nabeiro pela solidariedade e responsabilidade social empresarial. No entanto, o que não gostei mesmo de ver foi a quantidade de leite e de café que vai diariamente para o lixo, produto este que, se devidamente doseado, poderia ser oferecido a uma associação de solidariedade. Quase toda a gente retirava o copo antes da máquina desligar, indo metade do leite e do café contunuadamente para o lixo. 

ikea, responsabilidade social, desperdício

 

 

Quem tira um café pingado na máquina constata que mais de metade vai para o lixo, atendendo a que a dose da máquina não está devidamente configurada para os copos. Como estes pequenos almoços incluem um sumo, optei por experimentar tirar o mesmo café pingado no copo de 25cl. Saibam que ficou quase cheio. Face a este facto fui perguntar se podiamos tirar o café ou pingo no compo do sumo, uma vez que não seria desperdiçado.  Informaram-nos que não,  sendo que para isso teria de comprar um outro pequeno-almoço que tem direito a um copo maior. Ok, ja entendi. Preferem que vá para o lixo ou que as pessoas paguem duas vezes.

Porque é que o IKEA não regula devidamente as doses e não oferece a quantidade que desperdiça em leite e café a uma instituição se solidariedade? 

Indignado com esta situação cheguei a abordar uma funcionária sobre o que fazem à comida que sobra. A resposta foi: Vai para o lixo, sendo que nem os funcionários que ganham pouco a podem levar para casa, no final do dia. Dizem que poderia haver problemas com essa comida que levassem e que depois a responsabilidade poderia recair sobre a empresa. Ok, já entendi de novo, preferem deitar para o lixo porque se assim fosse essa associação ou pessoa que precisa deixava de comprar esses produtos que chegam a ir para o lixo durante e no final do dia. 

 

Como nos diz a mensagem do IKEA, "25% da comida que compramos é desperdiçada". Pois fiquem a saber que, da próxima vez, os meus 25% de café e leite não vão para o lixo, sendo que, mesmo que digam que não posso tirar o café pingado no copo do sumo eu o farei ate que saia a dose certa e aumentem a sua contribuição para instituições de solidariedade. 

 

Eu aceito de bom grado que me entreguem mensagens de responsabilização social, mas exijo do outro lado a prática da responsabilidade social empresarial.

Um bom pequeno-almoço a todos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O PS e a política dos abutres ou da dança com lobos.

por José Pereira (zedebaiao.com), em 01.12.13

As eleições internas no PS fazem-me recordar da política "abutre" por que ficou conhecida a Sr.a Le Pen em França.  

O politico "abutre" é aquele que nunca está satisfeito com os resultados e que se aproveita da ocasião para chegar à comida, ou seja, ao lugar, mesmo que o animal ainda esteja vivo, pensando apenas, e só, no objectivo que lhe permita vir a comer.

 

Foi assim que apelidaram a atitude política de Marine Le Pen, perante a dor das famílias enlutadas, após o atentado de Toulouse, apressando-se a Senhora a fazer o rápido e insensível aproveitamento político da situação, sem antes, sequer, se ter preocupado com o contexto e muito menos com o sofrimento das famílias.

 

Para quem se incomodou e possam continuar a incomodar-se com a expressão ("abutres políticos") que expressei sobre as eleições internas no PS Porto e Matosinhos, deixo este artigo a título de exemplo, sobre a "valsa dos abutres" que levou o PS do Sr. Hollande pelo mesmo rumo por que estamos a caminhar.

 

Dizem os franceses: "C'est la Valse des Vautours" ( É a valsa dos abutres").. Este jogo de lugares, este jogo de medos, esta manipulação dos militantes de base, os pagamentos de quotas, este sentimento de insegurança dos militantes e cidadãos em geral, esta demagogia e aproveitamento descarado,... mais não é do que um jogo, cujo único objectivo visa ver quem come o lugar a quem. Valsa esta que nos envolve e sufoca a todos e que gera uma aspiral de descrédito dos políticos e dos partidos.

 

Os militantes e cidadãos, que estão devidamente informados, sabem que o naco de carne, que ainda resta, vai poder ser comido até depois das futuras eleições autárquicas,  sendo por isso que começam a comer as pessoas mesmo enquanto ainda estão vivas.

 

Pobres militantes e cidadãos em geral que continuam a dançar com lobos. É para isto que serve o novo rumo e as recentes alterações estatutárias? 

 

Esta foi a mensagem que gerou enorme descontentamento sobre a expressao relativa aos "abutres" políticos. 

 

 https://www.facebook.com/manuel.pizarro.39/posts/767632146586491?comment_id=8337089&offset=0&total_comments=17&ref=notif&notif_t=feed_comment_reply

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens



Junte-se a nós no Facebook

Please wait..15 Seconds Cancel

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031





eXTReMe Tracker