Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os manifestantes lutam pela liberdade e procuram demonstrar a sua indignação, mas não poderemos dizer que estejam a atacar os polícias nem a colocar a sua autoridade em causa. Estão sim, é contra a proteção que tem vindo a ser dada ao regime antidemocrático implementado por Nicolás Maduro.

Os protestos são contra o presidente Nicolás Maduro que usa as forças de segurança para intimidar o povo e prender os manifestantes. Os agentes usaram gás lacrimogêneo, canhões de água e spray de pimenta para conter a multidão descontente com o regime.

Venezuela_arma do polícia.jpg

 

Em clima alta tensão política, a oposição exige datas para as próximas eleições e a libertação de presos políticos depois que, na semana passada, a Suprema Corte assumiu as funções do Parlamento para, em seguida, recuar da decisão sob forte pressão.

 

— Queremos liberdade na Venezuela, isso é ditadura e em breve não haverá comida. É isso o que vocês querem para os seus filhos? — gritava aos soldados María González, uma enfermeira de 56 anos. — Estão perto de cair, somos um país forte. O que aconteceu foi um golpe de Estado e a Assembleia tem que agir.

Os arredores da Praça Venezuela — para onde os opositores foram convocados — amanheceram vigiados por dezenas de militares. As forças de segurança também vigiavam os acessos ao centro da cidade e várias estações de metro foram fechadas.

 

— Se o povo da Venezuela continuar pressionando, sem se intimidar, veremos a mudança em todos os níveis do governo a ponto de Nicolás Maduro ter que sair — declarou a jornalistas o vice-presidente da Assembleia, Freddy Guevara, durante a concentração.



Fontes:

http://oglobo.globo.com/oglobo-21159423#ixzz4dO4vZz2e
Página oficial do @PortuNoticias Prensa Internacional ►http://goo.gl/Wz6t4K

Autoria e outros dados (tags, etc)

O crime terá sido praticado esta madrugada após uma festa que decorreu na Facudade de Engenharia (FEUP). Trata-se de um jovem de 20 anos, estudante do ISCAP, que é natural de Gosende-Gôve-Baião.

O INEM ainda assistiu o jovem estudante, que foi transferido para o Hospital de S. João, mas onde veio a falecer com um traumatismo craniano.

O alerta foi dado pouco antes das 5 horas à PSP, que encontrou o jovem gravemente ferido junto ao parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), na rua D. Frei Vicente da Soledade e Castro, em Paranhos - Porto.

O estudante terá sido perseguido pelos agressores no campus universitário da Asprela (Paranhos Porto). O grupo de agressores colocou-se em fuga, não tendo ainda sido identificado.

Segundo o registo da ocorrência da Polícia Judiciária e que foi comunicado à Lusa, um grupo de indivíduos terá agredido o estudante do ensino superior, que circulava na via pública com colegas, sem "justificação prévia" ou "provocação prévia".

O caso está agora nas mãos da Polícia Judiciária, que já encetou as investigações.

Jovem Baião espancado morte Porto FEUP Paranhos.j

 Foto: Retirada do facebook do Joel Rafael

Joel Rafael, estava a iniciar o seu futuro académico no Instituto Superior de Contabilidade e Administraçãoo do Porto (ISCAP).

Cobertura completa

PJ ativa investigação de homicídios para caso de estudante morto no Porto

Jornal de Notícias - ‎há 52 minutos‎
Em declarações à Lusa, fonte da Polícia Judiciária do Porto informou que o registo da ocorrência do estudante agredido chegou àquela polícia às 5.49, hora em que foi "ativada a secção de investigação de homicídios" e foi ativado de imediato o serviço ...
 

Estudante de 20 anos assassinado no Porto junto à Faculdade de Engenharia

Diário de Notícias - Lisboa - ‎há 1 hora‎
Um estudante universitário de 20 anos foi assassinado na madrugada desta sexta-feira junto à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), na zona do polo universitário da Asprela. A vítima será Joel Rafael, estudante do Instituto Superior ...
 

Jovem de 20 anos espancado até a morte junto a faculdade da Universidade do Porto

Expresso - ‎há 40 minutos‎
"Esta madrugada, pelas 4h30, um jovem estudante de 20 anos foi agredido por 4 indivíduos junto à Faculdade de Engenharia do Porto. Deu entrada no Hospital de S. João e faleceu". A este relato breve sobre a morte de um jovem de Baião esta madrugada, ...
 

Agressores do jovem assassinado no Porto serão estudantes

Diário de Notícias - Lisboa - ‎há 1 hora‎
O diretor de comunicação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto disse que a agressão a um estudante, que lhe provocou a morte, aconteceu fora do edifício da instituição, junto ao parque de estacionamento, de acesso livre durante a noite.
 

Estudante assassinado no Porto após sair de festa universitária

Público.pt - ‎há 2 horas‎
Jovem de 20 anos foi espancado por um grupo com o qual se cruzou na madrugada desta sexta-feira, junto à Faculdade de Engenharia do Porto. Suspeitos estão em fuga. A vítima estudava no Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto ...
 

Porto. Estudante agredido até à morte

iOnline - ‎há 1 hora‎
Um jovem estudante de 20 anos foi hoje de manhã espancado até à morte num parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), depois de ter saído de uma festa universitária. Segundo o Jornal de Notícias, a vítima ...
 

Rixa fatal entre universitários no Porto

Jornal de Notícias - ‎há 3 horas‎
Um estudante de 20 anos foi assassinado, esta madrugada, numa rixa junto ao parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Joel Rafael, natural de Baião, foi assassinado à pancada, ao que tudo indica, por um grupo ...
 

Empurrado para a morte no Porto

Correio da Manhã - ‎há 1 hora‎
Um jovem de 20 anos, natural de Baião, foi agredido até à morte na madrugada desta sexta-feira depois de uma festa universitária, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). A agressão ocorreu pelas 5h00. Joel Rafael terá sido ...
 

Estudante universitário mortalmente espancado no Porto

TVI24 - ‎há 3 horas‎
Um jovem universitário de 20 anos foi, esta sexta-feira, mortalmente agredido por quatro indivíduos na rua D. Frei Vicente da Soledade e Castro, junto ao polo da Asprela, na cidade do Porto. Fonte da PSP do Porto confirmou, à TVI, que o crime ocorreu ...
 

Estudante de 20 anos assassinado numa via pública no Porto

Açoriano Oriental - ‎há 1 hora‎
Um estudante, de 20 anos, foi esta sexta-feira espancado até à morte, na zona do polo universitário da Asprela, no Porto, por um grupo de quatro indivíduos, disse à Lusa fonte da PSP. De acordo com a fonte, as agressões ocorreram na via pública, ...
 

Agressores que mataram jovem no Porto seriam estudantes universitários

SIC Notícias - ‎há 1 hora‎
O estudante assassinado era aluno do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto e não da Faculdade de Engenharia. A confirmação foi dada por Carlos Oliveira, diretor de comunicação da Faculdade de Engenharia, que explicou que os ...
 

Universitário de Baião assassinado no Porto

A Verdade - ‎há 51 minutos‎
A vítima mortal resultante de uma rixa entre estudantes, que aconteceu esta madrugada junto ao parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), é natural de Baião, divulgou o JN. As circunstâncias do incidente ...
 

Estudante de 20 anos assassinado no Porto

TSF Online - ‎há 3 horas‎
Um jovem morreu esta madrugada depois de ser violentamente agredido no parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. PUB. Eduardo Tomé. Nuno Guedes. Facebook · Twitter; Imprimir. Partilhar; Comentar.
 

ESTUDANTE ASSINADO JUNTO AO PARQUE DA FEUP

Canal Superior - ‎há 3 horas‎
Um jovem de 20 anos foi assassinado durante esta madrugada, junto ao parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. A Policia Judiciária está a investigar o caso. Durante a madrugada desta sexta-feira, um estudante ...
 

Estudante universitário assassinado no parque da FEUP

Revista Sábado - ‎há 3 horas‎
Um jovem estudante de 20 anos foi morto, na madrugada desta sexta-feira, em consequência de uma rixa que aconteceu no parque de estacionamento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Segundo dados revelados pelo Jornal de ...
 

Estudante morto à pancada à porta da FEUP

PT Jornal - ‎há 3 horas‎
Um estudante com 20 anos de idade foi morto na madrugada desta sexta-feira, em resultado de uma discussão à porta da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). O crime ocorreu às 5h00, depois de confrontos físicos que envolveram ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

PROPOSTA CIDADÃ E POLÍTICA SOBRE OS FALSOS MILITANTES QUE A POLÍCIA ESTÁ A INVESTIGAR NO PS-COIMBRA, MAS QUE NÃO EXISTEM SÓ EM COIMBRA E MUITO MENOS SÓ NO PS. 

Proponho tornar públicos todos os cadernos eleitorais e partidários, identificados, no mínimo, pelo número de militante/eleitor e código postal completo, sendo que, pelo código postal completo, será possível saber quantos existem na nossa freguesia e rua. Quanto ao nome do militante, essa questão deixo para debate. 

 

Um cidadão ou um socialista, assume-se. Não venham com a treta da discriminação partidária nos locais de trabalho ou na nossa rua, porque essa trata-se ao nível de um Estado de Direito e não de clandestinidade.

 

Um cidadão faz-se militante para participar ativamente pelos valores sociais e políticos em que acredita. Se assim não for, os partidos não necessitam de militantes só para ajudar ao controlo, instalação ou manutenção de interesses ou poderes que não tenham utilidade para o País e para os cidadãos em geral.

 

 FONTE: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=3614368

 

Polícia apanha fichas falsas no PS Coimbra

 

Publicado às 00.30

 

NELSON MORAIS

A Polícia Judiciária está a ouvir centenas de pessoas do distrito de Coimbra que terão sido inscritas no PS, em 2011, com dados falsos. António José Seguro e outros dirigentes socialistas foram avisados das ilegalidades.Na Polícia Judiciária do Centro, o caso não caiu em saco roto. "Tem sido investigado com prioridade absoluta", garante fonte policial, sem arriscar prazos. Já foram ouvidas cerca de 200 pessoas, há muitas mais para ouvir, mas a quantidade e o desplante das falsificações detetadas, na ordem das centenas, segundo a fonte, causaram forte impressão em quem acompanha a investigação.A futura constituição de arguidos, por falsificação de documentos, é dada como certa e deverá visar, pelo menos, alguns conhecidos militantes locais do PS que assinaram, como proponentes, fichas de filiação de centenas de anónimos preenchidas com moradas e postos de trabalho falsos ou fictícios, entre outros elementos suspeitos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Derrubem todas as barreiras, mas nunca deixem o poder cair na rua, em igual irresponsável e muito menos num louco ditador.

Já participei em diversas greves e manifestações, chegando até a levar umas cacetadas da polícia, mas isso não impede que sejamos e estejamos solidários, nem nos pode impedir de compreender qual o trabalho de uns e a indignação de outros.

 

Os polícias deram um enorme exemplo de civismo e de cidadania, sendo que passaram a barreira, desta vez simbolicamente, em forte sinal de protesto e de indignação, mas souberam parar, por enquanto, no local certo e da forma mais correcta.

 

Quando não nos respeitam, nos roubam e humilham sucessivamente,  temos a obrigação de derrubar e ultrapassar todas as barreiras, mas também devemos saber onde e como parar.

 

A violência não nos leva a melhores soluções, mas a resignação também não. Se o Governo e o Presidente da República não compreenderem a mensagem, terão de assumir todas as responsabilidades pela violência que possa, legitimamente e em último recurso, ser necessária.

 

Quando sucessivamente atacados, roubados e humilhados, só podemos mesmo derrubar barreiras e Governos, mas que o poder nunca caia na rua, nas mãos de um novo irresponsável e muito menos nas mãos de um louco ditador.

 

Artigo 21.º da Constituição da República Portuguesa
Direito de resistência

Todos têm o direito de resistir a qualquer ordem que ofenda os seus direitos, liberdades e garantias e de repelir pela força qualquer agressão, quando não seja possível recorrer à autoridade pública.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens



Junte-se a nós no Facebook

Please wait..15 Seconds Cancel

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930





eXTReMe Tracker