Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O RABELO | Portugal e a Região Norte em números (INE)

por José Pereira (zedebaiao.com), em 11.02.16

Sabiam que há mais portugueses a receber menos de 310 euros de remuneração mensal (4%) do que os que recebem entre 1800 e 2500 euros (4,3%)? Região Norte em Números INE 2014_ganho medio por

 

 

Região Algarve em números

 
 

Na faixa inferior a 310 euros por mês, ou seja, abaixo do limiar da pobreza, estão 149,4 mil portugueses.

Este é o reflexo da destruição e desregulação do mercado de trabalho. Estamos perante a precariedade laboral que um dia vai sair-nos muito cara. 

As estatísticas mostram que a maior parte dos trabalhadores precários e mais mal remunerados é do Norte do País, região onde se concentram 38% de trabalhadores com condições laborais mais precárias e com mais baixos salários (90% dos que têm salários abaixo dos 310€ trabalham no setor dos serviços).

 

Tomando por base a última publicação estatística do INE, refere o dinheiro vivo que "há tantos portugueses a receber menos de 310€ como a receber mais de 1800€" e que "os rendimentos mais baixos estão concentrados na região norte do país".

Nos últimos dados estatísticos são apontados alguns indicadores que merecem reflexão:

  • Apesar do salário médio ser apontado para 828 euros, o certo é que cerca de 2 milhões de portugueses recebiam entre 310 e 900 euros;
  • Abaixo do limiar da pobreza, na faixa inferior a 310 euros por mês, estão 149,4 mil portugueses;
  • Um terço dos trabalhadores portugueses recebe entre 310 e 600 euros;
  • Outro terço recebe entre 600 e 900 euros;
  • A restante fatia é justificada pelos que recebem abaixo do limiar da pobreza e dos que recebem mais de 900 euros;
  • 108,2 mil  trabalhadores ganha entre os 1800 e 2500 euros, estando a larga maioria concentrados na zona metropolitana de Lisboa;
  • 53,2 mil portugueses recebem 2500€ ou mais.

 

Região Norte em Números INE 2014_indice.jpg

Região Norte em Números INE 2014.jpg

 

Região Norte em Números INE 2014_beneficiarios R

 

Região Norte em Números INE 2014_beneficiarios s

 

Região Norte em Números INE 2014_desemprego.jpg

 

Região Norte em Números INE 2014_Despesas dos mu

 

Região Norte em Números INE 2014_disparidade gan

 

Região Norte em Números INE 2014_disparidades do

 

Região Norte em Números INE 2014_ganho medio por

 

Região Norte em Números INE 2014_indice de preç

 

 

 

Região Norte em Números INE 2014_Mescado de trab

 

Região Norte em Números INE 2014_proteção soci

 

 

Últimas pubicações do INE

 
 
Boletim Mensal de Estatística - Dezembro de 2015
2016
O Boletim Mensal de Estatística, contém os principais dados estatísticos mensais e trimestrais organizados nos seguintes capítulos: Contas Nacionais Trimestrais; ...
Capa da publicação
 
Boletim Mensal da Agricultura e Pescas - Janeiro de 2016
2016
O Boletim Mensal da Agricultura e Pescas divulga um conjunto de informação conjuntural relativa ao sector primário. A estrutura desta publicação proporciona, ...
Capa da publicação
 
CPLP em números - 2015
2016
Na VI Conferência Estatística da CPLP-Comunidade de Países de Língua Portuguesa, em Díli, de 8 a 10 de junho de 2015, foi aprovada por unanimidade a ...
Capa da publicação
 
Síntese económica de conjuntura - Dezembro de 2015
2016
A Síntese Económica de Conjuntura é uma publicação de acompanhamento da conjuntura destinada a quem necessita de indicações seguras acerca das ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nós precisamos que todos os desempregados acedam a apoio social de desemprego ou de reinserção, mas acima de tudo precisamos que se pratique e generalize a (re)integração social, económica e laboral.

 

Quem trabalha diretamente com uma larga maioria de famílias desempregadas e carenciadas sabe que a maioria dos portugueses não querem ser subsídio-dependentes, querem sim é condições para terem uma vida digna, nomeadamente do foro social, económico e laboral.

 

Muitos dizem que é preferível dar-lhes a cana e ensinar a pescar, do que dar-lhes o peixe. O problema é que para se poder pescar é necessário que o mar tenha peixe. Há um pequeno grupo de grandes comilões que nem sequer se preocupam com a reprodução do peixe, sendo que comem até os pequeninos seres vivos antes de chegarem à idade reprodutiva.

 

Todos os rios e mares poderão ter mais peixe se deixarmos de ser egoístas e permitirmos que se processe a reprodução.

 

FONTE:

CGTP quer todos os desempregados com apoio social

Intersindical  lança petição e agenda protesto nacional para 1 de fevereiro.

Lusa
20:07 Terça feira,  7 de  janeiro de 2014

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/cgtp-quer-todos-os-desempregados-com-apoio-social=f849435#ixzz2poIG2j8f

 

"A CGTP marcou hoje para 1 de fevereiro um Dia Nacional de Luta,  que incluirá manifestações e concentrações em todos os distritos do continente e  regiões autónomas, em protesto contra as políticas económicas e sociais do  Governo. 

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, anunciou a  iniciativa em conferência de imprensa, após uma reunião do Conselho Nacional que  aprovou a realização dos protestos....

 

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/cgtp-quer-todos-os-desempregados-com-apoio-social=f849435#ixzz2poIR1PZS 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nós precisamos que todos os desempregados acedam a apoio social de desemprego ou de reinserção, mas acima de tudo precisamos que se pratique e generalize a (re)integração social, económica e laboral.

 

Quem trabalha diretamente com uma larga maioria de famílias desempregadas e carenciadas sabe que a maioria dos portugueses não querem ser subsídio-dependentes, querem sim é condições para terem uma vida digna, nomeadamente do foro social, económico e laboral.

 

Muitos dizem que é preferível dar-lhes a cana e ensinar a pescar, do que dar-lhes o peixe. O problema é que para se poder pescar é necessário que o mar tenha peixe. Há um pequeno grupo de grandes comilões que nem sequer se preocupam com a reprodução do peixe, sendo que comem até os pequeninos seres vivos antes de chegarem à idade reprodutiva.

 

Todos os rios e mares poderão ter mais peixe se deixarmos de ser egoístas e permitirmos que se processe a reprodução.

 

FONTE:

CGTP quer todos os desempregados com apoio social

Intersindical  lança petição e agenda protesto nacional para 1 de fevereiro.

Lusa
20:07 Terça feira,  7 de  janeiro de 2014

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/cgtp-quer-todos-os-desempregados-com-apoio-social=f849435#ixzz2poIG2j8f

 

"A CGTP marcou hoje para 1 de fevereiro um Dia Nacional de Luta,  que incluirá manifestações e concentrações em todos os distritos do continente e  regiões autónomas, em protesto contra as políticas económicas e sociais do  Governo.

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, anunciou a  iniciativa em conferência de imprensa, após uma reunião do Conselho Nacional que  aprovou a realização dos protestos....

 

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/cgtp-quer-todos-os-desempregados-com-apoio-social=f849435#ixzz2poIR1PZS

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens



Junte-se a nós no Facebook

Please wait..15 Seconds Cancel

Calendário

Janeiro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031





eXTReMe Tracker